Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Plásticas, Químicas, Farmacêuticas, Abrasivas e Resinas Sintéticas de Sorocaba e Região

Imprensa

11-Nov-2020 19:27
Acordo

Químicos da Força assinam Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021

Acordo garantiu reposição da inflação dos últimos 12 meses, que ficou em 4,77% e a manutenção de todas as cláusulas sociais já conquistadas.

Na tarde desta terça-feira (10), dirigentes da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores Químicos do Estado de São Paulo) e Sindicatos filiados estiveram na sede da Federação para a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho do setor químico/plástico/fertilizantes que garantiu a reposição da inflação dos últimos 12 meses, que ficou em 4,77% e a manutenção de todas as cláusulas sociais já conquistadas.

A FEQUIMFAR e Sindicatos filiados representam cerca de 130 mil trabalhadores do setor industrial químico no Estado de São Paulo, distribuídos nos segmentos químicos, plástico, petroquímicos, abrasivos, fertilizantes, cosméticos, tintas e vernizes, entre outros, com data-base em 1º de novembro.

Principais Conquistas

Reajuste de 4,77% (100% do INPC*) mantendo o poder de compra dos salários dos trabalhadores
Teto: R$ 8.745,46
Parcela fixa aplicada acima do teto: R$ 417,16
Piso Salarial
Empresas com até 49 empregados:
R$ 1.672,10 (Reajuste de 4,77%)

Empresas com mais de 49 empregados:
R$ 1.715,20 (Reajuste de 4,77%)

Manutenção da cláusula de PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados) em Convenção Coletiva
Hora extra (semana) de 70%
Hora extra (domingo e feriados) 110%
Adicional noturno de 40%
Auxílio creche para todas as funcionárias (com reembolso de até 50% do salário normativo)

*O INPC/IBGE do período ficou em 4,77%

Fequimfar
Deixe seu Recado